Visita-nos no FacebookCustomizar Layout
Notícias: "" Wed, 23 May 2018 10:48:59 GMT    "Baleia deu à costa junto ao Cais do Sodré - Diário de Notícias - Lisboa" Wed, 23 May 2018 10:32:06 GMT    "Ministro-adjunto sócio-gerente de uma empresa imobiliária criada na véspera de ter assumido funções no Governo - RTP" Wed, 23 May 2018 10:13:07 GMT    "Tribunal da Relação de Lisboa poderá passar para o antigo Tribunal da Boa Hora - SIC Notícias" Wed, 23 May 2018 08:59:00 GMT    "Câmara de Marvão e junta de freguesia alvo de buscas - Jornal de Notícias" Wed, 23 May 2018 10:31:00 GMT    "Estudo revela assédio sexual em grande escala no meio académico - Diário de Notícias - Lisboa" Wed, 23 May 2018 07:29:00 GMT    "Os minutos de pânico em Alcochete relatados pelos jogadores e equipa técnica - Diário de Notícias - Lisboa" Wed, 23 May 2018 08:53:12 GMT    "Manuel Fernandes: Chamada ao Mundial2018 "foi um peso que me saiu de cima" - Sapo Desporto" Wed, 23 May 2018 09:44:06 GMT    "?Sou um bocado canibal?: Júlio Pomar 1926-2018 - Expresso" Tue, 22 May 2018 17:34:51 GMT    "Calor com chuva e trovoada para esta quarta-feira - Jornal de Notícias" Wed, 23 May 2018 06:59:00 GMT    "O maior anfíbio do mundo corre um enorme perigo de extinção na natureza - Público.pt" Wed, 23 May 2018 10:27:39 GMT      Para mais notícias, clique em "Notícias".

Bem vindo ao Lagoa de Albufeira.
Seja bem vindo a este novo Portal da Lagoa de Albufeira!
Se esta é a sua primeira visita, inscreva-se já e partilhe este website com todos os seus amigos e conhecidos que conheçam a Lagoa de Albufeira e ajude-nos a crescer! Dêem-nos também as vossas opiniões sobre o que acham que deverá ter este Portal e ajudem-nos a construi-lo.
Para se registar clique aqui. Após se registar e para começar a ver mensagens, seleccione o fórum que pretende visitar da selecção abaixo. Lembre-se de que não o poderá fazer sem estar inscrito primeiro!


Conversa Geral Aqui podem falar de tudo o que não se enquadre nos outros temas...

Responder
 
Opções
  #1  
Velho 15-05-2018, 07:08
Avatar de Goncalo
Goncalo Goncalo encontra-se desligado
Novo Utilizador
 
About:
Data de Adesão: Jul 2007
Mensagens: 125
Por Defeito Cuidado com a Protecção Civil, e com cortes desnecessários de árvores

Viva,

Pessoal, tenho visto muito pessoal a dar cabo da Lagoa a cortar árvores a torto e a direito, tenham em atenção que não é suposto andarmos a cortar pinheiros, aqueles alertas para os proprietários cortarem pinheiros, não é para quem tem lotes na Lagoa de Albufeira, é para proprietários de grandes propriedades como florestas, limparem áreas ao redor de estradas, e também ao redor de povoações, não é para se aplicar da mesma forma na Lagoa. Infelizmente vêem-se muitas pessoas que na sua ignorância andam a cortar árvores.

Pior ainda, a Protecção Civil anda numa de cortar árvores também. É sabido por várias pessoas (e eu sei por experiência própria) que não são dotados de grandes conhecimentos na matéria, já vi um a dizer-me que um pinheiro que libertou resina (por ter sido cortado é normal ter ficado), tinha cancro resinoso do pinheiro e devia ser abatido (coisa que só se pode ver com análise laboratorial e não de vista), ou que se tem muitas pinhas estava a morrer, e outras barbaridades do género. Um chegou a dizer que um certo pinheiro não passaria daquele Interno e já passaram dois anos e continua verde e a dar pinhas.

Há casos de que uma pessoa quer mandar o pinheiro da do vizinho abaixo porque quer ter mais sol, e faz queixa à Protecção Civil, e arranjam várias desculpas para mandar a carta a pedir o abate de árvore. Chegam a dizer que foram lá no dia xpto quando nem puseram lá os pés, nem sequer poderiam entrar no terreno para ver a tal árvore, e depois mandam uma carta a dizer que devia ser mandado abaixo por razões que parecem aleatórias.

Num caso específico, vi um pinheiro receber ao longo de 2 ou 3 anos, devido a queixas dos tais vizinhos que conhecem pessoal na Câmara e querem o pinheiro abatido, receber minutas da Protecção Civil alegando coisas variadas como: "Perigo Eminente de queda", "Gestão de Combustível", "Árvore de Grande Porte", ou que já tinha morrido. Cada vez que enviavam a desculpa era diferente, tudo isto sem análises, sem terem visto a árvore de perto, sendo uma árvore verde, viva, com raízes fortes, sem risco de queda, etc. Se forem ex-administradores de AUGIs já sabem que terão conhecimentos pela Câmara e não terão probelmas em tirar proveito deles.

Tenham assim muito cuidado com a Protecção Civil. Se receberem uma minuta destas, lembrem-se que não é uma ordem que tenham de obedecer, é um parecer. Nesse caso se querem ficar descansados, chamem um especialista em árvores, ele vos dirá que ela está boa, guardem o relatório, e mandem queixa para o ministério de Administração Interna e para a Protecção Civil com o relato da incompetência dos trabalhadores locais (que a Protecção Civil emprega trabalhadores locais de cada região, não vêm da capital para cá trabalhar).

Anotem nomes, dos funcionários, guardem os relatórios cheios de erros e das maiores barbaridades, e comparem com opiniões de especialistas, e façam queixa. É a única forma que temos de nos proteger da incompetência de quem não compreende o que faz. É que infelizmente temos a nossa segurança nas mãos de pessoas que não têm bem a noção do que estão a fazer pelo que tenho visto.

Até eu fui vítima desta instituição, já me mandaram também a mim queixa de um pinheiro, não bravo como o de cima, mas no meu caso um manso, que não tem um único ramo para os terrenos dos vizinhos, está totalmente verde, super saudável e rodeado de vegetação, com pinhas todos os anos (e pinhões), de boa saúde, etc. Recebi também eu uma notificação a dizer que a árvore é perigosa (um pinheiro que nem deve chegar a uns 6 metros e altura e que mesmo que caísse (coisa que não acontecerá) nem afectaria nenhuma casa. Contudo a Protecção Civil de Sesimbra é assim que funciona. E supostamente estiveram cá a ver o pinheiro num dia em que estive cá e não vi ninguém, e nem sei como o observaram da rua a uns 15 metros de distância diga-se de passagem, quando dessa distância só vêem um pinheiro manso saudável e bonito e bem verde.

A incompetência é tal, que nem foi enviada para mim a carta, já que o terreno é propriedade minha, mas sim para a minha mãe, nem sei bem porquê, que até sofre do coração e ficou assustada com a carta, a incompetência dos funcionários é tal, que o vizinho que fez queixa deve ter dito "aquilo é daquela Sra. ali" e eles nem meteram cá os pés pelo que imagino pois nem os vi por cá, nem se aproximaram do pinheiro, simplesmente enviaram a minuta para a casa da minha mãe, que nem tem nada a ver com o dito pinheiro, violando a minha privacidade, e assustando uma pessoa que sofre do coração e está à espera de ser operada, com 70 anos.

Dá a entender que chegamos lá e dizemos "olhe o vizinho da rua tal tem um pinheiro que me aborrece, a morada dele é esta, mande para lá uma minuta sff" e por isso mandam a minuta com uma mensagem qualquer, e para a morada que o vizinho deu, que neste caso nem é a minha. Violação do direito de privacidade com tudo o que de danoso daí pode advir, estão-se nas tintas, a incompetência é tal que tem estes resultados. O mais giro é que tenho provas destas coisas e as pessoas também, afinal tenho uma pessoa que recebeu a carta (neste caso minha mãe) que nem tem nada a ver com o terreno, com queixas sobre um terreno meu. É de doidos.

É esta a Protecção Civil que temos em Sesimbra.

Vou ter de ser forçado a mandar queixas sobre eles, não me deixam outro remédio. Afinal agora temos vizinhos que podem usar a Protecção Civil como armas de arremesso se tivermos alguma árvore que os desagrade? A árvore em questão além de saudável e não atingir nenhum terreno vizinho, e ser manso, está no Plano Director Municipal e tudo. E como sabem nem pode ser abatida sem autorização do ICNF, etc, nem basta a Câmara. Vejam as barbaridades. Não me admiraria, até porque alguém da Protecção Civil que me tentou convencer a abater um pinheiro em tempos noutro terreno me falou que o PULA (Plano de Urbanização da Lagoa de Albufeira) já nem contava e nem era válido etc (e é e continua a ser), vejam bem o tipo de pessoas. Se tiverem alguém por detrás a pressioná-los para agir assim até compreendo as mentiras, se não tiverem, então é pura ignorância, mas ambos os casos são maus.

Se alguém da Protecção Civil vos disser que um pinheiro qualquer é para abater lembrem-se que é apenas um parecer, cabe a vocês se quiserem chamar um especialista, e se notarem que estão a ser incompetentes ou lá a mando de alguém, lembrem-se que a propriedade é vossa, e a vocês conta o parecer de alguém especialista, e não dos funcionários da Protecção Civil, que se já falaram com eles, deverão saber que não entendem muito do assunto.

Na sua falta de conhecimentos, a Protecção Civil ao cortar tanta árvore mesmo dentro da Lagoa e até as pessoas, acabam por estar a tornar isto num local cada vez mais seco e sem humidade, e eles estão sim a tornar isto num palheiro onde bastará largar num dia quente um cigarro para arder tudo. Infelizmente eles não foram ensinados de que falta de vegetação e árvores num local, reduz a humidade e aumenta o risco de incêndios.

Se tiverem casos do género digam-me pois estou a pensar juntar uns quantos casos de várias pessoas para denunciar estas situações, porque já vão anos de incompetência e começo a ficar cansado, e esta de enviar queixa de um pinheiro saudável que não chega ao terreno de nenhum vizinho, manso, com saúde, para casa não minha mas de um familiar doente, foi a gota de água. Tamanha incompetência tem de terminar. E esqueçam cartas para a C.M.S. que não resolve nada, estas queixas têm de ser dirigidas mesmo ao Ministério de Administração Interna, e no mínimo devem assinar os livros de reclamações.

Quem tiver casos deste tipo de incompetências avise por favor.

E tenham cuidado porque nunca se sabe a real razão que está por detrás de uma recomendação deles. Cabe a vós investigar se a vossa árvore está de facto bem ou mal. No meu caso sei que foi por vizinhos, num outro que falei acima idem aspas aspas, vizinhos que pediram e fizeram queixa, no vosso poderá ser a mesma coisa.
Responder com Quote
  #2  
Velho 15-05-2018, 12:11
Avatar de Carla B.
Carla B. Carla B. encontra-se ligado neste momento
Novato
 
About:
Data de Adesão: Sep 2017
Mensagens: 15
Por Defeito Planeta Vivo morto

Boa Tarde. Eu sou amante da natureza. E por essa razão, acabei por adquirir um tereno na Lagoa que se apresentava, desde que sou pequena, cheia de pinheiros, verde por todo o lado, sombras. Vi e continuo a ver a Lagoa a crescer. infelizmente, no meu ponto de vista, não corretamente. Pois o homem tem na sua mente que evolução reporta a destruição da natureza. O que não é verdade. Pode haver evolução, planeamentos urbanos sem danificar o ambiente e sem liquidar a florestação original que a Lagoa Albufeira tem há anos. è isto que lhe dá a graça, que lhe invoca a diferença, que nós, supostamente, gostamos. Ou estou enganada? De facto é penoso ver um paraíso a desaparecer, a ficar igual a tantos outros. A impotência que isto me provoca deixa-me angustiada, revoltada e insatisfeita com os seres humanos. Já que é pela mão do homem que pratica tanto o bem, como o mal. Aqui, neste local, está mal. Está errado. Todos sabemos que o preço a pagar por todos estes erros, vai sair caro. Eu já não estou bem aqui. Onde havia sombras há sol. Onde não passava brisa há vento. Onde havia verde e vegetação há casas mal construídas, barracas, vizinhos e alcatrão... Onde eu via os passarinhos nas copas das arvores e os morcegos a passear vejo céu aberto. Nem as estrelas consigo olhar com tantos candeeiros já espalhados por aí. Terrenos fantasmas vedados onde ninguém está. Caixas de correios e de agua e luz vandalizadas por estarem abandonadas. Lixo. Só vejo lixo à minha volta e pessoas pobres. Pobres de espirito. Por esta razão, Gonçalo, eu junto me á causa. Eu quero a Lagoa que tínhamos. Aquela que escolhemos para viver. Lutar por uma causa que sabemos certa. Já disseste tudo. Tens dito e repetido tudo aqui. É a humidade, é oxigénio, é a energia, tudo aquilo que não se vê, que estão a destruir. E com isso, os animais, a vegetação, a lagoa, as pessoas, é tudo uma bola de neve. Leigos?? eu já não acredito nisso. Não há leigos nesta sociedade! com tanta informação, tantos dados, tanta facilidade de acesso ao conhecimento. Liam caramba. Estudem. Aprendam. Raciocinem. Meditem. Ponderem. Mas não matem as arvores. Elas são seculares, têm um valor inestimável para nós. Salvemo-las e salvamo-nos a nós.
Responder com Quote
  #3  
Velho 19-05-2018, 02:22
Avatar de Goncalo
Goncalo Goncalo encontra-se desligado
Novo Utilizador
 
About:
Data de Adesão: Jul 2007
Mensagens: 125
Por Defeito

Citar:
Criado Inicialmente por Carla B. Ver Mensagem
Boa Tarde. Eu sou amante da natureza. E por essa razão, acabei por adquirir um tereno na Lagoa que se apresentava, desde que sou pequena, cheia de pinheiros, verde por todo o lado, sombras. Vi e continuo a ver a Lagoa a crescer. infelizmente, no meu ponto de vista, não corretamente. Pois o homem tem na sua mente que evolução reporta a destruição da natureza. O que não é verdade. Pode haver evolução, planeamentos urbanos sem danificar o ambiente e sem liquidar a florestação original que a Lagoa Albufeira tem há anos. è isto que lhe dá a graça, que lhe invoca a diferença, que nós, supostamente, gostamos. Ou estou enganada? De facto é penoso ver um paraíso a desaparecer, a ficar igual a tantos outros. A impotência que isto me provoca deixa-me angustiada, revoltada e insatisfeita com os seres humanos. Já que é pela mãol do homem que pratica tanto o bem, como o mal. Aqui, neste local, está mal. Está errado. Todos sabemos que o preço a pagar por todos estes erros, vai sair caro. Eu já não estou bem aqui. Onde havia sombras há sol. Onde não passava brisa há vento. Onde havia verde e vegetação há casas mal construídas, barracas, vizinhos e alcatrão... Onde eu via os passarinhos nas copas das arvores e os morcegos a passear vejo céu aberto. Nem as estrelas consigo olhar com tantos candeeiros já espalhados por aí. Terrenos fantasmas vedados onde ninguém está. Caixas de correios e de agua e luz vandalizadas por estarem abandonadas. Lixo. Só vejo lixo à minha volta e pessoas pobres. Pobres de espirito. Por esta razão, Gonçalo, eu junto me á causa. Eu quero a Lagoa que tínhamos. Aquela que escolhemos para viver. Lutar por uma causa que sabemos certa. Já disseste tudo. Tens dito e repetido tudo aqui. É a humidade, é oxigénio, é a energia, tudo aquilo que não se vê, que estão a destruir. E com isso, os animais, a vegetação, a lagoa, as pessoas, é tudo uma bola de neve. Leigos?? eu já não acredito nisso. Não há leigos nesta sociedade! com tanta informação, tantos dados, tanta facilidade de acesso ao conhecimento. Liam caramba. Estudem. Aprendam. Raciocinem. Meditem. Ponderem. Mas não matem as arvores. Elas são seculares, têm um valor inestimável para nós. Salvemo-las e salvamo-nos a nós.
Sim é verdade, é como eu aqui, antes era calmia e tranquilidade, brisas frescas, agora passam ventos super fortes, devido à falta de árvores, e levo com sol o dia todo, o ar vai mudando, e se não fossem os pinheiros que tento manter vivos onde posso, e que a Protecção Civil quer que arranque devido a certos vizinhos ex-administradores de AUGIs que todos sabemos que conhecem pessoas na Câmara, fizeram queixa para tirar, teria de olhar para centenas de metros de distância para poder ver pinheiros, e alguns pinheiros de terrenos abandonados que provavelmente um dia com novos donos também serão arrancados, não veria nada verde por aqui.

Os vizinhos de que falo, os que foram administradores de AUGIs, não têm um único pinheiro no terreno ao contrário do que era suposto, e embirram com os vizinhos que querem ter um pinheiro no terreno.

Eu hei-de ir tirar uma foto ao pinheiro para que se veja, um pinheiro manso lindo, que já cresceu e dá uma copa linda, que já deve ter uns 30 anos, dá tanta pinha por ano que até quase que dá para pagar o IMI com ele (é assim também fonte de rendimento, além de que pinheiros mansos são protegidos aqui), faz parte do Plano Director Municipal, está num projecto de casa para construir que tenho nesse terreno, e por amor de Deus, está saudável, verdinho, lindo, cheio de pássaros, param lá muitos pássaros e corvos, melros, pêgas, rolas, etc, e os vizinhos em tempos fizeram queixa porque iam uns ramos para cima de um terreno deles, tudo bem foram cortados, e agora o pinheiro não tem absolutamente NADA por cima do terreno de ninguém, e voltaram a fazer queixa, para que seja abatido.

E a Protecção Civil simplesmente manda uma carta a dizer para se cortar o pinheiro porque é supostamente segundo eles "uma árvore de risco". A dada altura alguém estava a serrar um ramo do pinheiro por cima e o ramo partiu e as pessoas fugiram, e eu a chegar e ver, vi aquilo serrado e partido (quando serram um ramo por cima ele vai partir abaixo no fim do corte), e decidi deixar estar lá para ser prova e dizer aos vizinhos de que aquilo foi serrado, e mandei vedar o terreno. E já há anos cheguei cá e tinham-me cortado um dos pinheiros (tinha dois e fiquei com um), em propriedade privada, sem eu saber, agora está vedado mas não sei se tentarão cortar o outro se eu não estiver, a solução foi pensar em video-vigilância sobre o pinheiro. Os vizinhos aqui enfim.

Uma vizinha diz que ouviu um barulho forte numa tempestade de noite e zás, partiu, a outra diz que ao acordar viu o ramo a partir, etc. Eu percebi logo que são os vizinhos a encobrirem-se e cada um com uma história. Como são pessoas que se conhecem há décdas, encobrem-se uns aos outros, e eu sou o "invasor", sou o mau da fita.

Normalmente os administradores de AUGIs são pessoas que vêm da LIALA. Este tipo de instituições é excelente para pessoas perceberem como podem influenciar a Lagoa e ter algum poder, aprender a ser administradores de AUGIs, terem assim novos conhecimentos na Câmara (até porque certos altos funcionários da Câmara terão certamente casas por cá não vou referir nomes), etc. Os administradores que conheci foram em tempos daquelas pessoas que na LIALA falavam já do futuro da Lagoa, a urbanização, etc.

Um administrador de AUGI tem poder de decisão, e conhece pessoas com poder (pode ser só poder regional, localizado, mas não deixa de ser algum poder), e acaba por saber coisas que outros não sabem, como quando são feitos leilões de terrenos que são vendidos em hasta pública, e que se não comprarmos todos os jornais todos os dias durante anos a fio (milhares de euros ao ano), nunca saberemos e que eles acabam por saber porque são administradores de AUGIs e com isso têm oportunidade de fazer bons negócios, compram terrenos muito baratos e vendem mais tarde mais caros, etc.

Eu por exemplo nunca recebi informação de que certos terrenos seriam vendidos em hasta pública por carta. Supostamente eu só saberia se nestes anos todos andasse a comprar todos os jornais a ver quando seria publicado num que tal aconteceria. Ou seja, gastaria mais dinheiro em jornais que o valor dos terrenos. Mas os administradores das AUGIs sabem disso, não me mandaram nenhuma carta. E se verificarem, pedirem na conservatória os donos dos terrenos que existem por cá, conseguem ver os donos actuais e anteriores de cada terreno (mesmo que os vendam à pressa são descobertos na mesma), e acabam por confirmar que certos administradores de AUGIs acabaram por comprar vários desses terrenos, bem mais baratos do que seriam comprados no mercado, bem mais, e que agora basta venderem para ganhar bastante com isso. Acesso a informação que nós "comuns mortais" não temos.

Resultado: Se todos soubessemos do leilão, havia mais ofertas, o terreno era comprado mais caro, e esse dinheiro reverteria para todos os elementos da AUGI, os 100 e tal que estavam à espera de receber o dinheiro que sobra. Ao ser comprado mais barato, ganha quem comprou, exemplo: um administrador da AUGI, e perde toda a AUGI. Ou seja, imaginemos que ele pouparia 100.000€, são menos 1000€ para cada um dos 100 elementos da AUGI, e são 100.000€ de lucro para o administrador da AUGI.

Já viram como algo tão simples, como saber quando certa coisa vai acontecer, pode dar dinheiro a alguém e prejudicar outros?

Ou mesmo se não se esforçarem a vender certos terrenos. Imaginem, que basta estalarem os dedos e um terreno é vendido a preços bem altos certo? Que há muita procura. Imaginem se virem certos administradores passar anos e anos, em que supostamente ninguém quis a não ser eles, e que vários deles compraram terrenos, e depois verem que foram comprados baratos. Como se sentiriam?

Há muitas vantagens em se ser um administrador de uma AUGI. Eles dirão sempre, SEMPRE, que o são em nome de todos, para ajudar a Lagoa, e XPTO, sempre, SEMPRE irão dizer isso, e são pessoas que sabem convencer outras, falar, dar certos ares e tal, serem respeitados, e perdem horas e horas, e dias, em reuniões e todo o tipo de coisas, aparentemente sem querer nada em troca, apenas por interesse pela Lagoa, mas se depois os virmos a comprar terrenos para vender mais caros depois, mandar destruir Natureza e com isso prejudicar a Lagoa, ou a tomar decisões que os ajudam, etc, começamos a pensar "mas afinal como é que eles foram para ali por amor à Lagoa?". Reparem que digo "SE"? Porque certamente existirão pessoas que querem administrar AUGIs para o bem de todos.

Talvez nem todos os administradores de AUGIs sejam iguais, talvez existam pessoas que realmente têm interesse na Lagoa e não outro tipo de interesses, mas há muitas AUGI's, e provavelmente uns 100 administradores, e aposto com quem quer que seja que provavelmente 90% deles são inscritos na LIALA e são pessoas que há uns 20 anos que andam a ditar cartas na Lagoa. Não significa que toda as pessoas da LIALA sejam assim. Ha lá pessoas que de facto se preocupam com a Lagoa certamente. Apenas digo que foi lá que muitos deles se conheceram e vieram a ser administradores de AUGI, aprendendo uns com os outros e com os contactos que faziam na câmara. A LIALA será uma boa instituição certamente, não a conheço mas gosto de pensar que sim.

Um dos grandes males dos administradores de AUGIs é que ficam com conhecimentos nas Câmaras, para não falar que há pessoas com altos cargos na Câmara de Sesimbra na Lagoa, há GNR's na Lagoa, há pessoas de várias instituições na Lagoa, e muitos se conhecem.

E agora vejam:

Pinheiro super saudável, sem estar por cima de nenhum outro terreno (cortados ramos que estavam por cima), que dá pinhas todos os anos, faz parte do Plano Director Municipal e não devia ser cortado, faz parte do projecto de uma casa para construir ali, e o tronco maior se caísse só seria para um lado (onde poderia estar inclinado) e caindo cairia no meu terreno e não noutro, muito menos numa casa, ou seja, risco nulo de cair, etc, etc. E está super saudável e bonito.

E contudo, a mulher de um ex-administrador de AUGI, que ao vivo até vi dizer "mas o pinheiro tem de ir abaixo, eu vou chamar ali uma pessoa que já vai explicar" e foi chamar um alto cargo da Câmara de Sesimbra, que não vou falar nomes, mas todos nesta AUGI sabem quem são, e eu fui embora e nem quis saber nem falar com a pessoa. E vai-me à Protecção Civil, e diz que o pinheiro está em risco, e a Protecção Civil manda carta a mandar abater o pinheiro por ser árvore de risco!!!

Noutro terreno que é da minha mãe, quiseram também fazer o mesmo (calhou eu decidir comprar um terreno aqui próximo do da minha mãe há uns anos e infelizmente fiquei com os mesmos vizinhos), e já foram à Protecção Civil umas quantas vezes, e a minha mãe já deve ter recebido umas 6 cartas de lá nestes 3 ou 4 anos a dizer várias coisas.

O pior é que além da mentira que os leva a tentar justificar o corte do pinheiro, fazem de juíz e tribunal e afirmam já com certezas que se a pessoa não corta, o que quer que venha a acontecer vai dar despesas a ela que é ela que irá pagar tudo. Ou seja, se algo acontecer, não é o Estado, não são ajudas do Estado dadas a um furacão que tenha passado para pagar tudo, não é um tribunal, não é um juíz que decide quem paga, a Protecção Civil já decidiu anos antes! Fez de Tribunal e Juíz e decidiu a sentença antes de qualquer árvore sequer ter caído, e manda isso na carta. É difículo! Vejam bem os poderes que querem ter sobre as pessoas.

E tudo mentira e pura incompetência. Uma foi "Gestão de Combustível", quando isso era ao redor de aldeias para evitar incêndios, e xpto, não é num terreno urbanizado e no PDM etc, e saudável, com medo de incêndios? LOL. Outra foi que a árvore estava já para morrer nesse inverno, já morta ou em fim de vida etc (não posso precisar porque já nem lembro bem os motivos mas ela tem os papeis todos que estamos a guardar), e a árvore passaram-se anos e continua verde e viva. Chegou o responsável da Protecção Civil aqui dizer que ela não passaria do Inverno que ia cair e a minha mãe ter de pagar tudo (de novo a fazer de juíz e tribunal numa só pessoa ou instituição que representa, agora em voz). Chegaram a dar a desculpa de que, tinha de ser cortada por ser de grande porte. Depois chegaram a dizer que tinha de ser cortada porque estava a apenas uns 5 metros de uma churrasqueira do vizinho em questão. Ao que eu lhe disse: "Mas se o pinheiro estava cá há 30 anos, antes dos vizinhos terem casa, e a Câmara aprovou a construção da mesma sabendo que está lá um pinheiro que faz parte do PDM e tudo, como é que aprovaram e agora dizem que há risco de incêndio pela proximidade, 20 ANOS DEPOIS? E calou-se. Chegou a dizer-me que tinha cancro resinoso. Quando isso só se vê em laboratório, etc. Inventou cada coisa, chegou a dizer-me que com 30 anos um pinheiro está em fim de vida vejam bem, e quando lhe falei que podem viver 200 anos ficou com cara de parvo. É que costumam cortá-los aos 30 para ser rentável, para postes etc, e o ignorante nem sabe pelos vistos nada de pinheiros. E fiquei a pensar que ele na volta, nesta ignorância, deve andar a mandar cortar pinheiros só porque lhe dizem que tem 30 anos (deduzo eu). Isto uma pessoa que se identificou a mim na altura como sendo um responsável aqui da região da Protecção Civil. É de doidos!

É pura incompetência. Ou então será algo pior, porque se insistem em mandar certas árvores abaixo só porque uma vizinha faz queixa, quando há árvores bem menos saudáveis noutros lados e ninguém se queixa, digam-me lá se é preocupação que uma árvore saudável que é super improvável cair e que se cair não cai em cima de ninguém, ou se é porque alguém pediu? Alguém que foi administrador de uma AUGI e conhece pessoas na Câmara e fez o pedido de envio da minuta? O que terá sido? Não pode ser muita coisa...

Deveria perguntar-lhe "olhe, foi pura incompetência sua ou alguém o forçou a enviar isso?".

A última carta, enviada à minha mãe, que teve problemas de tensão a ler, que está à espera de ser operada ao coração e eles sabem disso e que não se pode enervar, e recebeu da Protecção Civil carta a falar que o pinheiro dela, e o meu (que nem é do terreno dela), se caírem ela tem de pagar xpto, e etc, etc. Ou seja, enervar a coitada só porque embirraram com ela. E pelos vistos a Protecção Civil nem vê de quem é o terreno, pura e simplesmente envia a carta com os dois terrenos para a morada dela.

E se enviam a carta sem ver quem é o dono, só podem ter usado a morada que a pessoa que fez a queixa referiu. Ou seja, basicamente dá a entender que a pessoa chega lá e diz "mandem esta carta a esta senhora que vive aqui, referente a estes dois terrenos, para cortarem os pinheiros" e eles fazem!

É ou não é? Porque se fossem eles a ir lá investigar, enviariam as cartas para dois locais, dois donos, não para uma que nem é dona do outro terreno! Ou seja, aqui há extrema incompetência, ou então alguém que mandou ser feito aquilo para uma morada errada sem confirmar. E isto após uma certa pessoa, fazer queixa!

Agora eu não posso afirmar que é por XPTO ou Z. Mas, se a árvore está saudável, deve ser o pinheiro mais saudável aqui de toda a zona, um pinheiro manso lindo, que apenas teve a copa cortada por vizinhos por ramos que iam para o lado, e o tal ramo que serraram e que escolhi deixar lá. E de todos os que existem cá perto de casas, é o mais bonito, e é a ele que querem cortar. Porque alguém, que é mulher do administrador da AUGI, passa a vida a pedir na Protecção Civil que seja cortado...

E eles não mandam uma carta com a mesma decisão uma vez, mandam-na 1001 vezes e de cada vez com desculpas diferentes. Pede-se relatório a eles e nada é enviado (pudera, não há razão válida para justificar a decisão).

Por outro lado, tirei fotos já após as primeiras queixas da Protecção Civil, onde se pode ver o terreno de um desses vizinhos com 4 ou 5 pinheiros, que por acaso estavam verdes, mas um deles tinha até um tronco partdo esse sim para cima do meu terreno (ao contrário do que me serraram que está para dentro do meu) e estava a poucos cm's do meu terreno e não a uns 5 metros como está o meu, esse sim poderia ter levado um aviso de que está em perigo, e continuou anos assim e pelos vistos não lhe disseram nada. Agora nem pediram autorização à ICNF nem ninguém, cortaram as árvores todas, verdinhas, e ninguém fez nada nem os multou. Nem vou eu fazer queixa que não tenho sequer tempo para andar a fazer o trabalho das autoridades ou perseguir vizinhos como eles fazem. E assim que os mandaram abaixo, isso sim algo que não foi correcto, voltaram ao ataque ao único que tem um pinheiro saudável na região, e 100% legal.

Digam-me lá que conclusões devo tirar? Quero as vossas opiniões.

Há anos que ouvia dizer que certas pessoas, que gostam de certos cargos nestas coisas, têm a mania que mandam nisto, etc. E eu nunca liguei. Mas agora começo a crer no que me diziam. Já viram, querer mandar no terreno dos outros, e cortar árvores, só porque embirram com elas? Mas quem pensam eles que são?

Uma vez vi-a ali a dizer com um papel da Protecção Civil na mão a dizer "está aqui o papel a dizer que tem mesmo de cortar o pinheiro, está aqui, é da Protecção Civil!!!", como se aquilo fosse uma ordem de tribunal ou uma coisa qualquer. Era uma recomendação da Protecção Civil (e errada) a dizer que a árvore tem de ser cortada por risco, etc. E ela anda com o papel a tentar exigir que se corte o pinheiro, etc. E eu falei-lhe que nem que ela fosse o Presidente da República (com o devido respeito que tenho por ele, que o respeito mesmo bastante e admiro), eu iria matar um pinheiro saudável só porque a Protecção deu desculpas erradas para ele ir abaixo a pedido dela. Ou seja só porque ela pediu ou só porque têm pessoas incompetentes a trabalhar para ela?

Ainda me lembro do responsável da Protecção Civil me ter dito um dia ao vivo tipo "Porque não tenta resolver as coisas com a sua vizinha?" e eu falar "mas eu já falei que os ramos se cortam, agora o pinheiro está bom e não vou mandá-lo abaixo só porque ela quer" e ele ter dito "então vá lá dizer isso a ela que está ali atrás", e tinha o rádio ligado para alguém ouvir a conversa. Quem estaria do outro lado a ouvir a conversa? Quem fez queixa?

A tal vizinha é uma pessoa já de idade, tem muitas rugas, não sei se ronda já os 70 ou mais. O marido parece ter só uns 60. Talvez ela esteja apenas muito envelhecida. E agora deu-lhe para embirrar com os pinheiros. Um dia estava ela a refilar e até a filha apareceu e disse-me "já viu se um dia a árvore cai"? E eu fiquei a pensar "Fogo mas estou rodeado de gente estúpida?", além do habitual "oh raios já me vêm chatear de novo". Fiquei na dúvida se me estavam a tentar passar por parvo ou se realmente acreditavam no que diziam... Ou sejam parecem querer mandar abaixo tudo o que é árvore de mais de 2 metros ou 3 de altura e que possa cair perto deles! Qualquer dia não há pinheiros na área urbanizada! Coisa que o PULA tentou evitar... E se todos agora forem assim, estamos tramados!

Eu podia se quisesse plantar vários pinheiros naquele terreno, e tapar o sol (fazem isto em grande parte porque querem mais sol no terreno e o meu pinheiro só lhes dá sombra tipo 1 ou 2 horas ao dia e só em parte do terreno), mas nem quero guerras, nem plantei mais nada, só quero manter o raio do pinheiro ali, e não param de embirrar. Eu até podia fazer um muro com certa altura, tipo 1,5m preto para lhes cortar a visibilidade para o terreno, plantar árvores para dar sombra, etc, e nem faço nada. Até podia fazer queixa deles por coisas que têm de errado, nem cumprem o PULA, e nem faço. Só quero que eles me deixem em paz!

E o mal é que andaram a contar aos outros vizinhos que deviam fazer queixa na Protecção Civil dos pinheiros aqui da zona e uma outra vizinha já fez queixa também uma vez por causa do pinheiro manso (a vizinha do outro lado). Não sei se andaram a falar que eles causam incêndios ou se caem em cima delas, enfim, pessoas de idade começam a ter medo de tudo. São pessoas de menos habilitações e eles têm alguma mais, e lá contaram o truque da Protecção Civil, de como os usar para fazer a vida negra a um vizinho. Está-se a espalhar como um cancro, esse "truque".

E eu como me estou nas tintas se me consideram bom vizinho ou não, nunca lhes ligo e estou-me nas tintas, e depois fazem parvoíces destas.

É preciso muita paciência. Quando me cortaram um pinheiro (antes de vedar o terreno) e reparei, meti a GNR ao barulho, queixa contra desconhecidos, mas claro que não deu em nada...

Qualquer dia tenho de os meter em tribunal porque começo a ficar farto. E à Protecção Civil, e fazer queixa deles, etc, etc.

Agora as coisas estão neste estado.

Resta saber se qualquer pessoas que chegue lá e diga "olhe há um pinheiro de um vizinho meu com o qual embirro e quero mandar abaixo", e dê a morada da pessoa em questão e eles enviam carta sem confirmar morada (porque enviaram sim carta sem confirmar sequer qual a morada do dono!), ou se só o fazem a certas pessoas, que terão certa influência, devido a certos conhecimentos...

E agora? Farão a todos? Ou só a alguns?

Se fazem a todos, é extrema incompetência tomarem decisões erradas, e ainda por cima a pinheiros bons, e só porque alguém pede, e numa zona protegida onde nem se deviam cortar os pinheiros. Muito menos mansos! E sem relatórios válidos e autorização das autoridades competentes como ICNF, etc! Nada que os possa prejudicar depois foi dado, só a ordem para cortar, sem nada por trás, sem explicação, sem nada.

Se for só a alguns que este tipo de queixa tem resultados, é igualmente muito grave! Porque teoricamente temos todos os mesmos direitos, seria anti-constitucional que o contrário se verificasse. Assim se tiverem mais direitos que nós, pior ainda é.

O que pensam que será? Qualquer dia se isto não parar, sou capaz de tornar tudo público para verem o calibre de certas pessoas que existem. E há coisas que nem vos passa pela cabeça, nem na deles que eu sei, mas isso é outra história, nem as quereria escrever aqui. Até porque o meu interesse é salvar a Lagoa e não perder tempo com pessoas que para mim não têm qualquer importância na minha vida. Por mim só desejava não os ver, até tenho medo de olhar para a cara de algum deles e vir uma discussão e estragar-me o dia, ou ter más recordações só de olhar para eles.

Uma zona tão bonita e que já está tão poluída na minha mente com coisas tóxicas. Nem sei como um dia vou fazer uma casa naquele terreno com vizinhos assim. É que só a ideia de os ver todos os dias no tempo de praia, assusta-me. No fundo já me causaram danos psicológicos e tudo, porque já não olho para a Lagoa como um paraíso mas uma fonte de problemas e de gente que nem quero ver, é o problema de pessoas que nos são tóxicas, intoxicam-nos até nas coisas que gostamos e que passamos aos poucos a deixar de gostar, como um bolo que adoramos e que vemos apodrecer e sabemos que já não vamos querer comer, pois já se encontra podre mesmo que tiremos os vermes de lá...

E também quanto à Natureza. A Protecção Civil, faz cada coisa. Chego a vê-los abater 6 ou 7 árvores que estão junto a descampados! Era suposto cortar era em grandes propriedades perto das estradas, ou ao REDOR de povoações, etc, não é grupos isolados de árvores que não vão propagar fogo nenhum. E nem pode ser dada a desculpa de que era pelo nemátodo porque no meio há pinheiros MANSOS, e porque mesmo os bravos eram VERDES e nem tinham sinais de secura a vários, e só saberiam se têm nemátodo com análises. Chegam a um local, olham, e cortam. Temos a Lagoa de Albufeira entregue a pessoas que andam a fazer este tipo de coisas!

Mas quanto às pessoas, sabem quando falamos às vezes que uma empresa só mudaria se trocassem todos os funcionários, porque se trocarmos só metade, eles irão aprender ou deixar-se influenciar pelos antigos trabalhadores e os maus hábitos continuarem? Às vezes penso que deveríamos procurar quem são os novos proprietários da Lagoa de Albufeira, e especialmente os jovens, e tentar que ajudem a colocar tudo na ordem. Há pessoas boas entre os antigos proprietários é certo, mas parece mais difícil encontrar alguém que se preocupe entre eles, ou que não esteja já com maus hábitos, ou que não se deixe levar estupidamente pelos "maus".

Agora o que fazer contra este tipo de coisas? Aceitam-se ideias. Uma petição? Ou informar as pessoas que tentem investigar o que se passa debaixo dos seus olhos e ajudar a Lagoa a se proteger?
Início de Novo Tópico
Responder com Quote
  #4  
Velho 19-05-2018, 23:58
Avatar de Carla B.
Carla B. Carla B. encontra-se ligado neste momento
Novato
 
About:
Data de Adesão: Sep 2017
Mensagens: 15
Por Defeito petição para uma lagoa sã

Já dei a minha opinião, Gonçalo. E por aqui, parece que somos os únicos preocupados com o que se está a passar na Lagoa.. As pessoas, nomeadamente o Português, não está habituado a exigir, a pensar nos seus direitos e nos seus deveres. É um défice cultural. portanto, em terra de cegos, quem tem um olho é rei, já dita o proverbio. E com isto temos o relato que fazes, de pessoas abusarem do seu poder, mesmo prejudicando outros. Existe muito egoísmo, muita gente com palas nos olhos que só olham para o seu umbigo. É pena... pq não estão sós. ninguém vive só. Só está só quem não comunica, quem não partilha, quem não sabe estar bem com o mundo e por conseguinte, bem consigo próprio. Então, há que chatear o outro. É um modo de ocupação.. errada, claro. Mas avante, eu acho a petição boa ideia. Como disse, hei-de escrever algo tb para enviar a este fórum. Era bom que mais pessoas participassem aqui neste fórum e dissessem a sua opinião.
Responder com Quote
  #5  
Velho 20-05-2018, 01:14
Avatar de Goncalo
Goncalo Goncalo encontra-se desligado
Novo Utilizador
 
About:
Data de Adesão: Jul 2007
Mensagens: 125
Por Defeito

Citar:
Criado Inicialmente por Carla B. Ver Mensagem
Já dei a minha opinião, Gonçalo. E por aqui, parece que somos os únicos preocupados com o que se está a passar na Lagoa.. As pessoas, nomeadamente o Português, não está habituado a exigir, a pensar nos seus direitos e nos seus deveres. É um défice cultural. portanto, em terra de cegos, quem tem um olho é rei, já dita o proverbio. E com isto temos o relato que fazes, de pessoas abusarem do seu poder, mesmo prejudicando outros. Existe muito egoísmo, muita gente com palas nos olhos que só olham para o seu umbigo. É pena... pq não estão sós. ninguém vive só. Só está só quem não comunica, quem não partilha, quem não sabe estar bem com o mundo e por conseguinte, bem consigo próprio. Então, há que chatear o outro. É um modo de ocupação.. errada, claro. Mas avante, eu acho a petição boa ideia. Como disse, hei-de escrever algo tb para enviar a este fórum. Era bom que mais pessoas participassem aqui neste fórum e dissessem a sua opinião.
O que se passa é que, estes fórus só enviam mensagem por email, quando alguém comenta algo que nós comentámos, ou seja, ninguém vai receber um aviso de que isto foi escrito. A única forma será o webmaster enviar email a todos para alertar sobre um tema, e na página FB também.

Mas para isso se calhar teria de ser escrito um tópico resumido sobre o que se pensa fazer.

Agora o que se pensa fazer?

Talvez num sub-fórum qualquer, criar algo dedicado só a coisas que acontecem de errado na lagoa, algumas sobre a Protecção Civil, algumas sobre AUGIs, algumas sobre pessoas que perderam tudo com as AUGIs, outras que foram enganadas com vendas, todo o tipo de coisas, tipo imaginemos, uns 10, ou 20 tópicos cada um sobre um tema, quem visitar espreita só o tópico que quer.

Em cada um as pessoas poderiam opinar e contribuir com o que sabem.

Tendo tudo feito podia-se partir para um website só sobre isso. Eu cubro as despesas na boa porque quero ajudar a região e acabar com certas coisas que de errado se passam por cá.

E talvez, informar também as pessoas como podem averiguar o que se passa, onde devem fazer queixa, etc.

Com isto podemos ter também relatos de pessoas, de coisas que nem sabemos, pois eu conheço cuma região muito pequena, e outros conhecerão outras.

Não servirá para colocar nomes de pessoas, para proteger a privacidade relativa das mesmas, não é que elas mereçam, mas esses dados podem ser dados em privado para se guardar num documento final talvez, mas aqui evita-se colocar nomes. Mas quando falo que há administradores de AUGIs que compraram terrenos baratos, etc, qualquer pessoa pode verificar isso.

Qualquer um pode pedir o registo predial da sua AUGI, imaginemos que fica em uns 20€ cada AUGI, se várias pessoas de cada AUGI se unirem, fica quase grátis, e teremos os nomes de centenas de proprietários e podem ser cruzados, etc.

E pode-se descobrir muita coisa.

Ou seja, o primeiro passo talvez seja, eu escrever um texto qu eexplique o que vai ser feito e o webmaster enviar email a todos para todos saberem, e passarem a receber automaticamente por email sempre que há um post novo, para participarem.

Acho que é o ideal.

Depois de muitos posts e ver o que alguns partilham ou deixam de partilhar, pode-se pensar numa petição com base nisso tudo.

E no mínimo teremos uma Lagoa de Albufeira totalmente transparente onde nada de errado se passará sem que todos saibam.
Início de Novo Tópico
Responder com Quote
Responder

« Anterior | Seguinte »


Opções

Regras de Criação de Mensagens
não pode criar novos tópicos
não pode enviar respostas às mensagens
não pode adicionar ficheiros em anexo
não pode editar as suas mensagens
O Código vB está On
Smiles estão On
Código da [IMG] é On
Código HTML é Desligado
Ir Para o Fórum:


Todas horas estão no fuso horário GMT. A hora actual é 15:03.

Largura do Site:
©2007-2018 - Portal da Lagoa de Albufeira